Depois de meses de espera, finalmente o Vaticano divulgou hoje a primeira encíclica do papa Francisco, Laudato Si’, na qual o sumo pontífice católico aborda a crise ambiental e as relações entre homem, espiritualidade e natureza. Como é repetido diversas vezes no texto papal, “tudo está conectado” – as ações humanas sobre a natureza, a degradação dos recursos naturais e as mudanças do clima, e a necessidade de um esforço comum da humanidade para recuperar sua própria “casa”.

Na encíclica, Francisco vai além da simples constatação da realidade dramática do meio ambiente: a encíclica se desenvolve a partir de uma interpretação própria sobre a relação entre Deus, a humanidade e o meio ambiente, enveredando em questões políticas mais espinhosas (como a lentidão das negociações internacionais, a dificuldade de se abandonar os combustíveis fósseis, e até mesmo o modelo atual de licenciamento ambiental), e avançando mesmo em temas ainda radicais em alguns círculos não-religiosos, como o conceito de decrescimento.

Nas últimas semanas, existia uma expectativa muito grande sobre o conteúdo da primeira encíclica integralmente escrita por Francisco em seu papado (a primeira encíclica publicada por Francisco, Lumen fidei, publicada em 2013, foi escrita em grande parte pelo seu antecessor, o papa emérito Bento XVI). Faltando menos de seis meses para a decisiva Conferência do Clima de Paris, a COP 21, as lideranças políticas globais ainda não demonstraram o engajamento necessário para que tenhamos um acordo climático efetivo na luta contra as mudanças do clima. A entrada do papa Francisco no rol dos “champions” dessa luta é um fato importante, pois coloca a maior igreja cristã do planeta no esforço global para preservar o meio ambiente e, mais especificamente, reduzir as emissões de gases do efeito estufa.

Na semana passada, o Observatório do Clima publicou um vídeo hilário sobre a encíclica climática de Francisco, produzido pela OurVoices (EUA). Esse vídeo rodou o mundo e fez bastante sucesso, chamando a atenção das pessoas para o texto que Francisco divulgaria nesta semana. Caso você ainda não o tenha visto, confira o vídeo abaixo:

Confira também uma análise detalhada da encíclica Laudato Si’ feita pelo OC.

Bruno Toledo

© 2016 GVces - Coletivo Sustentável Suffusion theme by Sayontan Sinha