Música feita com frutos cítricos, oficina de horta urbana, piqueniques coletivos, essas são algumas das muitas atrações que vão ocorrer no final de semana do dia 12 e 13 de abril. Realizado pelo Goethe-Institut e o Ministério da Cultura, com o GVces sendo um dos parceiros, o Prototype- Festival de Sustentabilidade na Arte será na Praça Victor Civita, das 11h às 18h, com entrada aberta ao público.

A proposta do evento é trocar, compartilhar e experimentar. Existe também um esforço, por parte da organização, de fazer com que a maioria das atrações seja autossuficiente em termos da energia utilizada para sua realização. A exibição do documentário “Imagem de nós”, por exemplo, será possibilitada pelo esforço conjunto de pedaladas em bike, ativando o cinema por meio de uma fonte de energia limpa.

Consumo consciente e formas de transformar o discurso da sustentabilidade em algo mais próximo para a sociedade, é um dos bate-papos programados para o evento. O responsável por esse, em específico, é o coordenador do Programa Finanças Sustentáveis do GVces, Aron Belinky, e acontecerá sábado (12), às 12h, no Deck Piquenique.

No domingo (13), Maria Piza que está à frente das iniciativas de Relacionamento e Mobilização do GVces, atuará como facilitadora de conversas sobre sustentabilidade na mesa Aquário, no palco 4, às 15:30h.

Quer conferir a programação completa? Acesse: http://prototype-festival.com.br/

 

 De 20 a 27 de março de 2014 os paulistanos poderão conferir longas, médias e curtas metragens focados na temática ambiental, oriundos de mais de 30 países, grande parte deles inéditos no Brasil.

Os filmes, classificados nas temáticas cidades, campo, economia, energia e povos e lugares, abordam questões como energia nuclear; o uso de animais como cobaias; organismos geneticamente modificados; urbanismo e a vida nas grandes cidades; extração de recursos naturais por grandes corporações e suas consequências para o meio ambiente e para comunidades; localidades remotas e a dificuldade cada vez mais premente de manter tradições junto às novas gerações que querem ganhar o mundo e frente aos dilemas impostos pelas transformações do meio ambiente.

“A Mostra entra em sua terceira edição se consolidando em São Paulo como espaço para conferir produções de várias partes do mundo que marcam presença inclusive em grandes festivais de cinema. Estes filmes, inéditos em sua maioria no Brasil, não entram em circuito depois, salvo algumas exceções. É uma oportunidade única de assistir a estas produções. É também um espaço para promover o debate e a reflexão sobre questões do nosso dia a dia,” diz Chico Guariba, diretor da 3ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental.

Os filmes serão exibidos em sete salas do circuito de cinema da cidade: Reserva Cultural, Cine Livraria Cultura, Museu da Imagem e do Som (MIS), Cine Olido, Centro Cultural São Paulo, Cinusp Maria Antônia e Matilha Cultural. Além das exibições dos filmes, a Mostra promoverá debates com vários realizadores de diferentes nacionalidades. Toda a programação é gratuita.

Este ano a Mostra traz ainda duas novidades – a premiação dos melhores filmes latino americanos e um circuito universitário, que levará filmes e debates a diferentes instituições de ensino. O GVces é parceiro neste circuito e fará uma exibição na FGV.

Serão premiados os melhores filmes escolhidos por uma comissão julgadora e também por voto popular. As cédulas de votação estarão disponíveis nos locais das sessões, durante o período de realização da Mostra.

Mais informações clique aqui
Para acessar a programação clique aqui.

 

Foram cerca de 700 participantes, 9 palestrantes do Brasil e do mundo e 1524 internautas acompanhando a transmissão ao vivo pela internet. Eles se reuniram na sede da FecomercioSP, na região central de São Paulo, para pensar e discutir formas de tornar a cidade um lugar mais acolhedor, criativo e inclusivo.

O Seminário Internacional Sampa CriAtiva aconteceu nos dias 2 e 3 de dezembro e trouxe iniciativas inspiradoras realizadas em cidade dos Estados Unidos, da Argentina, Holanda, Irlanda, do Uruguai, de Portugal e também São Paulo. Foram apresentadas seis propostas enviadas ao Sampa CriAtiva e discutidas pelos palestrantes do Seminário.

A abertura do evento, que era gratuito, foi feita por Danilo Miranda, Diretor Regional do SescSP, e pela curadora do projeto, Ana Carla Fonseca, especialista em Economia Criativa. A plateia pode enviar questões aos palestrantes para o debate realizado após as apresentações. Mais do que a exposição de projetos, o Seminário promoveu a troca de ideias e caminhos para uma melhor gestão da nossa metrópole.

 

Amanhã, dia 29 de novembro, é uma das datas mais esperadas do ano pelo comércio nos Estados Unidos: é a Black Friday, logo após o Dia de Ação de Graças, que marca o começo da temporada norte-americana de compras para o final de ano. Há alguns anos, grandes lojas brasileiras também aderiram a essa data, promovendo grandes queimas de estoque, com descontos de até 80%. Em geral, os produtos que mais vendem nessa data são eletrônicos, brinquedos, roupas, entre outros.

No entanto, nos últimos anos vem surgindo um movimento que procura questionar o consumismo incentivado pela Black Friday. É a Green Friday, que procura promover conceitos não consumistas, de troca, de valores comunitários e de ações conscientes.

Nesse ano, a Agenda Sustentabilidade procurou trazer esse movimento para o Brasil, com uma proposta bastante simples: trocar os bens materiais por algo mais valioso – o conhecimento. O Green Friday da Agenda Sustentabilidade trará uma relação de cursos que estarão com descontos para quem se inscrever amanhã. Confira no site os cursos e os descontos da Green Friday!

Ricardo Barretto

 

O esforço da FecomercioSP, Sesc-SP e Senac-SP para alavancar transformações na cidade de São Paulo, visando criar um ambiente de convivência harmônica com melhoria dos espaços, terá uma nova etapa. Dando sequência ao Seminário Internacional de Clusters Criativos e, também, ao lançamento da plataforma colaborativa Sampa CriAtiva, as três entidades irão realizar o Seminário Internacional Sampa CriAtiva, no dia 2 de dezembro.

O encontro reunirá profissionais e projetos de outros Países para promover a troca de experiências e ideias que inspirem a gestão urbana de São Paulo.

Serão escolhidas, até 17 de novembro, as propostas mais impactantes, inovadoras e replicáveis entre as publicadas no espaço colaborativo www.sampacriativa.org.br. As selecionadas serão encaminhadas para os palestrantes do encontro.

O seminário terá transmissão online ao vivo, em português e, também, na língua original da palestra.

As vagas são limitadas e as inscrições gratuitas:

http://www.fecomercio.com.br/?option=com_eventos&view=interna&Itemid=11&id=6997

 

 

Pela primeira vez, quatro mulheres são as finalistas do principal prêmio de empreendedorismo socioambiental da América Latina e um dos mais concorridos do mundo –o Empreendedor Social, realizado desde 2005 pela Folha em parceria com a Fundação Schwab, correalizadora do Fórum Econômico Mundial. Na disputa estão Alice Freitas (Asta), Merula Steagall (Abrale/Abrasta), Regina Vidigal (Arte Despertar) e Sylvia Guimarães (Vaga Lume).

Já no Prêmio Empreendedor Social de Futuro, iniciativa exclusiva da Folha para revelar jovens líderes transformadores, são seis finalistas ligados a três organizações: Alessandra Orofino/Miguel Lago (Meu Rio); Alexandre Amorim/Diego Moreira/Luiz Ribas (Asid) e Tony Marlon (Escola de Notícias).

Os vencedores das duas categorias serão eleitos por um júri de especialistas (veja quadro) a partir de critérios como perfil, inovação, sustentabilidade e impacto social, entre outros.

Eles serão revelados no dia 21 de novembro, em cerimônia no Masp (Museu de Arte de São Paulo), com transmissão ao vivo pelo site da Folha e pelo UOL, com acessibilidade para deficientes auditivos e visuais.

No evento será anunciado ainda o ganhador da categoria Escolha do Leitor, na qual o internauta é quem elege o projeto preferido, a partir de vídeos de 60 segundos gravados pelos finalistas e disponíveis a partir de hoje na Folha, no site Empreendedor Social, e no UOL.

Ajude a escolher o vencedor. Vote no Empreendedor Social 2013.

© 2016 GVces - Coletivo Sustentável Suffusion theme by Sayontan Sinha