Foto: Fabiane Secomandi (Flickr/Creative Commons)

A linha de frente de combate ao desmatamento ilegal ganhou uma nova ferramenta. O Instituto BVRio lançou um aplicativo para que compradores de madeira possam verificar se estão comprando madeira legal ao passar o telefone celular sobre o código de barras da Guia Florestal apresentada.

O Sistema de Verificação da Legalidade da Madeira, disponível para celulares Apple e Google Android, permite que construtoras, serrarias, fabricantes de móveis e atacadistas que compram madeira brasileira verifiquem com rapidez e segurança se seus fornecedores estão vendendo madeira de origem legal. O novo sistema será particularmente útil para exportadores, que precisam se adequar às normas dos mercados norte-americano (US Lacey Act) e europeu (EU Timber Regulation).

Baseado em análise de big data de um vasto banco de dados atualizado diariamente e de imagens de satélite de instituições como a Global Forest Watch, o Sistema de Verificação faz bilhões de cruzamentos de dados para detectar irregularidades e até a probabilidade de eventuais irregularidades ainda não descobertas por agências governamentais.

Em instantes, o Sistema permite analisar e cruzar dados como autorizações de exploração florestal, licenças ambientais, guias de transporte, além da existência de embargos ou infrações ambientais no âmbito federal e dos estados. O módulo base do Sistema de Verificação coleta, compila, e analisa tais informações, facilitando o acesso e compreensão. Ao consultar o número de uma guia de transporte florestal, o interessado recebe a informação completa sobre aquele lote de madeira.

Com apoio de um conselho consultivo formado por entidades como a certificadora Imaflora, a ONG Imazon, o Instituto Centro de Vida (ICV), a WWF Brasil, o World Resources Institute (WRI) e a madeireira certificada Amata, este Sistema de Verificação surge como um componente importante no processo de promoção da exploração responsável e sustentável da madeira tropical brasileira, hoje ameaçada pela exploração ilegal. Saiba mais aqui.

Paulo Branco

 Leave a Reply

(required)

(required)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

   
© 2016 GVces - Coletivo Sustentável Suffusion theme by Sayontan Sinha