Na semana passada o Prof. José Eli da Veiga ministrou uma aula magna para os alunos do MBA de Gestão em Sustentabilidade. O foco da palestra foi buscar as raízes do desenvolvimento sustentável.

Como disse Mario Monzoni na abertura da aula, esse tema, que trata da dimensão econômica e da dimensão ambiental, é o “pano de fundo” no contexto atual. Como medir o desenvolvimento? Como medir a sustentabilidade?

A partir daí, José Eli faz sua apresentação baseado no conteúdo de seu livro Desenvolvimento Sustentável: o desafio do século XXI, fazendo uma viagem por autores e correntes de pensamento sobre o assunto. Uma das coisas que mais me chamou a atenção foi o comentário dele ao final da aula: ”é necessário investir em ciência, inovação. Somente a educação cientifica de qualidade e ao alcance de todos será capaz de transformar a sociedade brasileira para um novo patamar. Ela pode e deve estar em todos os níveis educacionais. No século XIX, o problema estratégico da questão latifundiária, se fosse resolvido, poderia levar o país a se desenvolver. No século XX, o problema estratégico da questão da educação básica, se fosse resolvido, poderia levar o pais a se desenvolver. No século XXI, o problema estratégico da educação científica, se for resolvido, pode levar o país a se desenvolver.”

por Alessandro Pelosof

© 2016 GVces - Coletivo Sustentável Suffusion theme by Sayontan Sinha